eleições 2018

MDB: indecisão em candidatura preocupa sigla

Sérgio Botêlho

MDB vive, no momento, um drama que se não resolvido rapidamente provocará sérios danos ao desempenho do partido, nas eleições de outubro. Falo da indecisão entre manter a candidatura Temer ou empinar de vez a candidatura Meirelles.

O problema maior é o tempo. Enquanto os demais partidos que buscam a Presidência da República surfam na onda das pré-candidaturas, inclusive, alinhavando possíveis acordos, o MDB velho de guerra patina na indefinição.

A impaciência começa a tomar conta das principais lideranças da legenda, embora haja uma boa quantidade de diretórios que não deseja que o MDB tenha candidato presidencial, a fim de facilitar a vida eleitoral dessas seções peemedebistas, na aldeia.

Porém, a maioria dos diretórios do partido quer candidato próprio, mas, até agora, não apareceu nenhum que defenda a candidatura do presidente Temer à sua própria vaga nas eleições de outubro.

Embora, por enquanto, não passe de um traço nas pesquisas de opinião pública a performance do ex-ministro da Economia, de Temer, e ex-presidente do Banco Central, de Lula, seus aliados entendem que ele teria elevada chance de crescer.

Os emedebistas favoráveis à candidatura Meirelles, se entusiasmam com ele assumindo o espaço do centro, inclusive, atraindo franjas sociais que votam em Lula e outros nichos mais radicalizados, à direita, que se alinham a Bolsonaro. Quem sabe, imaginam, tornando Meirelles o candidato da unidade nacional.

O sonho do MDB é ver Temer desistindo o quanto antes de sua candidatura, quem sabe, nesta terça-feira, 22, abrindo caminho para que Meirelles passe a ser, enfim, pré-candidato único do partido, inaugurando a temporada emedebista de campanha e de conversas sobre alianças.

Mas, há quem considere que Temer não desistirá, hoje, de sua candidatura, e, assim, continue alimentando o desejo de reeleição, impedindo que a sigla avance no processo de construção de sua candidatura própria, o quanto antes.

Somente no final do dia a gente vai saber.

 

 

Internacional · Política · Venezuela

Questionamentos sobre eleição na Venezuela se destacam nos portais de notícias

PORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e destaques da hora de O Globo online: Míriam Leitão: Na Venezuela, a radiografia da fraude e do voto tutelado. Eleitor que depende dos programas sociais tinha que se apresentar a um posto da milícia chavista para comprovar que votou/

Brasil e outros 13 países não reconhecem eleição de Maduro. Votação foi marcada por denúncias e abstenção recorde/

Entenda como o governo Maduro usou carteirinhas de assistência social para controlar o voto/

Eleição na Venezuela tem irregularidades, dizem opositores. De acordo com Henri Falcón e Javier Bertucci, governo está usando máquina pública para coagir eleitores/

Lauro Jardim: Temer faz propaganda de seu governo com dinheiro da Saúde/

Alckmin diz que não nomearia encrencados para embaixadas/

Fernandas se recusam a fazer campanha para empresa do pré-candidato Flávio Rocha. Ele é dono da marca Riachuelo/

Míriam Leitão: Temer é um caso para os psicólogos. Presidente completou um ano desde que seu governo perdeu o rumo/

Professores da UFRJ ficam 11 horas nas mãos de bandidos. Casal de docentes foi sequestrado na Ilha do Fundão na sexta-feira e passou o dia em cativeiro dentro de comunidade de Belford Roxo/

Caminhão Rei do 1 real junto à Lagoa-Barra e a um carro da PM: clientes fazem fila para acessar calçada onde mercadorias são expostas em caixas de papelão/

Narcomilícia mantém moradores da Rocinha sob domínio do medo. Extorsões já rendem mais de R$ 1 milhão por mês

Chefe da milícia na Praça Seca é preso em Sulacap. Hélio Albino Filho, conhecido como Lica, é ligado ao ex-vereador Deco/

MP investiga caixa dois de concessionária a Alckmin. Funcionários da CCR teriam confirmado pagamentos de R$ 5 milhões por doações ilegais a ex-governador de São Paulo, em 2010/

ANCELMO GOIS: Condenado na Lava-Jato paga multa 2 vezes maior do que propina que diz ter recebido/

Número de eleitores idosos no país supera o de jovens. Aptos a votar acima de 60 anos são 18,6% do eleitorado, contra 15,3% dos eleitores entre 16 e 24 anos/

Campanha do MDB à Presidência vai apostar nas reformas. Manual defende mudanças na Previdência e critica Ministério Público e Poder Judiciário/

Para ter o PP, aliados de Ciro lembram Brizola: “Na carroceria cabe todo mundo, mas na boleia só quem se confia”/

De olho no centrão, Ciro quer antes aliança à esquerda, sem o PT/

Mangabeira Unger: ‘Não podemos ter purismo ideológico’. Guru de Ciro Gomes prega alianças ‘amplas’/

EUA colocam aplicação de tarifas contra a China ‘em espera’. Secretário do Tesouro afirma que no encontro de dois dias com representantes de ambos os países, em Washington, houve progressos/

Incertezas afetam reforma fiscal de Donald Trump. Investimentos não crescem como previsto/

Grupo de africanos foi resgatado na noite deste sábado. Imigrantes à deriva por 35 dias são resgatados no Maranhão. Grupo vindo de Senegal, Nigéria e Guiana foi resgatado por pescadores/

Imposto é o maior obstáculo para economia brasileira. Tributos altos e sistema complexo desestimulam negócios no país, diz Ipea. Carga tributária imposta pelo Brasil afeta negativamente a competitividade da indústria. Indústria brasileira sofre com taxas altas para importar serviços. Estudo da CNI diz que Brasil é um dos poucos a impor até seis tributos.

 

Manchete e destaques da hora do Estadão online: Brasil e mais 13 países não reconhecem reeleição de Maduro na Venezuela. Governo brasileiro alega que eleição não foi realizada em ‘processo democrático’/

Maduro é declarado vencedor em eleição contestada e com baixa participação. Chavista teve 5,8 milhões de votos enquanto Henri Falcón obteve 1,8 milhão/

BR18. Temer paga publicidade com dinheiro da saúde/

Lava Jato. Tribunal de Lisboa determina extradição de Raul Schmidt para o Brasil/

Eleições. Em evento, Marun trata Meirelles como candidato do MDB ao Planalto/

São Paulo. Virada Cultural revela agravamento da situação dos desabrigados/

Maranhão. Imigrantes resgatados em barco precário estavam há 35 dias no mar/

Coluna do Estadão: Sogra de Lulinha repassou dinheiro a empresa ligada a operador do petróleo/

Estados Unidos. Secretário do Tesouro diz que guerra comercial com a China está ‘em suspenso’/

Violência. Obstetriz de 27 anos é morta com 16 facadas; namorado é suspeito.

 

Manchete e destaques da hora da Folha online: Apenas 8% dos PMs atacados saem ilesos em São Paulo. Em 491 casos documentados de 2006 a 2013, houve 218 mortos e 233 feridos, indica levantamento da Folha/

AMÉRICA DO SUL: Maduro se reelege em votação contestada dentro e fora da Venezuela. Ditador recebeu dois terços dos votos em pleito em que 54% dos eleitores não foi às urnas. Opositor diz que não reconhece processo eleitoral. Rivais acusam Maduro de coagir eleitores/

Possível calote da Odebrecht ameaça R$ 47 bilhões de bancos. Temor das instituições é que não pagamento provoque a antecipação de todo o débito/

CONGRESSO. Tucanos dão mais apoio aos projetos de Temer do que o MDB. Partido do presidente aparece em terceiro lugar em ranking de fidelidade nas votações/

MOVIMENTO INÉDITO. Moreira Franco quer obra sem permissão em terra indígena. Ministro consulta Defesa sobre possibilidade de autorizar uma nova linha de transmissão/

Bolsonaro cita Clodovil e colega negro para rebater acusações. Pré-candidato se defende por declarações em que é tido como homofóbico e racista/

ALIANÇAS. Políticos articulam chapas em família em ao menos 5 estados/

CÂMBIO. Mesmo com dólar alto, vale a pena comprar nos EUA/

VINICIUS MOTA: Dólar mais caro não reverte fartura global de dinheiro/

POUPANÇA. Regra dos 4% diz quanto se deve poupar para aposentar/

  1. LEMOS: Abro empresa na Estônia em 15 minutos; no Brasil, são 79 dias
eleições 2018 · Violência

Investigadores e policiais são presos por contrabando; há um arquiteto e um policial civil entre presos por pornografia infantil

Investigadores e policiais são presos por contrabando; há um arquiteto e um policial civil entre presos por pornografia infantil

Sinopse MS

Edição: Sérgio Botêlho

Manchete e submanchetes do portal do Correio do Estado.

Operação nacional. Entre presos por pornografia infantil há arquiteto e policial civil

TRANSPORTES. Prefeitura realiza sorteio de vagas em concorrência de táxi e mototáxi. Neste sábado serão oferecidas 183 vagas de táxi, enquanto para mototáxi serão 141/

DOURADOS. Governo libera R$ 32 mi para reforma de aeroporto no interior. Pista em Dourados tem limitação para dias de chuva/

EM PONTA PORÃ. Comerciante de carros usados é executado com sete tiros. Motivações do crime são investigadas; arma foi localizada/

‘QUADRILHA DE FARDA. ‘Corregedoria inicia processo para avaliar expulsão de PMs/

Justiça.TRF4 nega último recurso e autoriza prisão de José Dirceu/

OPORTUNIDADE. Imasul abre seleção para contratação temporária, com salário de até R$ 2,6 mil/

Número de homicídios no Brasil é 5 vezes maior que a média mundial/

Anúncio oficial. Brasil não poderá exportar pescados para a União Europeia/

EM PONTA PORÃ. Paulista vestido de padre é preso tentando traficar/

Segurança pública. Secretário pretende armar até guardas das escolas/

BALANÇO CEASA. Compilação produzida pela Conab apresenta dados de comercialização. Região Sudeste continua liderança, responsável por 55% da produção/

‘QUADRILHA DE FARDA. ‘Corregedoria inicia processo para avaliar expulsão de PMs presos. Segundo comandante-geral, não há prazo para conclusão dos processos/

FUNDO ESPECIAL. Emendas parlamentares somam R$ 1,78 milhão em repasses para saúde. Rio Brilhante, Sidrolândia e Campo Grande concentraram valores.

Manchete e submanchetes do jornal Correio do Estado

Capa

Policiais civis também atuavam em contrabando. Corrupção. Os 21 policiais militares presos anteontem não são os únicos agentes públicos envolvidos na facilitação de contrabando de cigarros paraguaios. Integrantes da Polícia Civil também atuavam no esquema, confirmou a Secretaria de Justiça e Segurança Pública/

Investigadores são alvo de operação contra pornografia infantil. Em Mato Grosso do Sul, sete pessoas (foto) foram presas como parte de operação nacional de combate à pornografia infantil na internet. Pelo menos dois dos suspeitos (um deles preso) são policiais civis. Em todo o Brasil, são 132 envolvidos/

Na prisão. Lula perde regalias que tinha por ser ex-presidente/

Crédito. Empresas terão R$ 10 bilhões com Cadastro Positivo/

Caiu para 8,4%. Pesquisa aponta redução do desemprego em MS/

Campo Grande. Câmara aprova eleições diretas para diretor no município/

Odilon só aceita alianças com “boas intenções”/

No estado. Seca deve elevar preço do leite em 7,43%/

Águas quer reajuste. Sem poder cobrar a tarifa mínima de água (foto) e esgoto, a Águas Guariroba insiste no reajuste para a prestação dos dois serviços. a concessionária já recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter decisão sobre extinção da cobrança mínima/

Massa de ar frio chega ao Estado neste fim de semana.

Página 3 – Política

Eleições 2018. Odilon diz que só aceita DEM se aliança for com boas intenções. Juiz federal esteve em Dourados para receber a visita do candidato à Presidência Álvaro Dias. Agenda presidenciável. Odilon esteve em Dourados para receber o senador e pré-candidato à Presidência da República Álvaro Dias (Podemos). O partido declara apoio ao juiz, porém, Odilon foi categórico ao dizer que mantém o apoio ao pré-candidato do seu partido, Ciro Gomes/

Le Monde. Jornal francês publica manifestos por liberdade e candidatura de Lula. Hollande, ex-presidente da frança, foi um dos defensores do petista.

Manchete e submanchetes do portal MidiaMax. Policial, engenheiro e arquiteto estão entre presos em MS por suspeita de pedofilia. Suspeitos devem permanecer presos/

Lá vem frio: fim de semana em MS terá chuvas no sábado e mínima de 5°C no domingo. Frente fria chega nesta sexta-feira e as temperaturas caem acentuadamente no domingo/

Jovem encontrada decapitada foi ameaçada por traficante de drogas, aponta investigação. Joice foi encontrada decapitada e com as mãos amarradas para trás/

Engenheiro diz que baixava pornôs enquanto dormia e ‘não sabia que tinham crianças’. Foi decretada prisão preventiva dele/

Imasul abre processo seletivo para analista e técnico com salário de até R$ 2,6 mil/

Com três mortes confirmadas em uma semana, vítimas da gripe chegam a 10 em MS/

Suspeito de ligação com o Estado Islâmico será transferido para presídio de MS.

Manchete e submanchetes do portal Campo Grande News

“Luz da Infância 2”. Operação contra pedofilia prende 7 e recolhe vasto material em MS/

Ponta Porã-Pedro Juan. Carne contrabandeada que entrou por MS provoca crise no Paraguai/

“É PM prendendo PM”. Comandante admite dificuldade para substituir praças presos em operação/

Educação. Após polêmica, Câmara aprova eleição para diretores de escolas e Ceinfs.

Crowdfunding · eleições 2018

Vaquinha eleitoral-virtual

Crédito da foto: CanvaDesde ontem, 15, que os candidatos foram autorizados a recorrer aos eleitores, por meio da Internet, para conseguir recursos destinados à campanha de cada um. A arrecadação é feita por meio de empresas dedicadas a esse tipo de procedimento, chamadas crowdfunding.

Para o caso das eleições, a arrecadação de fundos para candidaturas está sendo chamada de “vaquinha virtual” ou “vaquinha eleitoral”.

As empresas, que já faziam esse tipo de coleta de recursos pela Internet, mais precisamente a artistas, escritores e promotores de eventos em geral, estão tendo que se credenciar junto ao Tribunal Superior Eleitoral para que possam servir aos candidatos.

Agora, tem alguns detalhes. O primeiro é que esse dinheiro que está sendo arrecadado, agora, desde ontem, somente poderá ser utilizado pelos candidatos a partir de 15 de agosto, quando começa a campanha oficialmente. Até lá, os recursos não são liberados.

Outro detalhe. E se a pré-candidatura acabar não sendo confirmada, todo o dinheiro que foi arrecadado deve ser devolvido aos colaboradores.

O procedimento, além de arrecadar dinheiro, serve para os candidatos medirem o grau de envolvimento dos eleitores com suas campanhas, sendo, também, um momento importante para a divulgação das candidaturas. É assim, também, que está sendo vista a “vaquinha eleitoral-virtual” que começou, ontem.

Sérgio Botêlho

eleições 2018

Vida difícil para o PSDB

Crédito da foto: Marcelo Camargo, Agência BrasilPrimeiro foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, quem resolveu anunciar o fim de um casamento com os tucanos que foi firmado em 1994, e que, segundo o líder do DEM, está desgastado e chegando ao fim.

Na sequência, o PP fez questão de anunciar que está com Maia para o que der e vier e que qualquer posicionamento do partido tem de envolver o presidente da Câmara nas negociações. Sem isso, o PP estará fora dessa costura.

Em meio a tudo isso, o ex-ministro da Educação, deputado Mendonça Filho ensaiou movimento na direção do PSDB, pretensamente disposto a ser vice de Alckmin. O presidente nacional da sigla, ACM Neto estrilou.

Agora, foi a vez do presidente Michel Temer que, em entrevista ao jornalista Gerson Camarotti desabafou contra os tucanos, atribuindo aos peessedebistas a divulgação de matérias que dão conta de que ele, Temer, ainda procurando Alckmin para aliança presidencial.

Temer se revelou “indignado”: “Essa gente está atrás de mim com ânsia. E fica parecendo que sou que estou atrás de Geraldo Alckmin de forma insistente, abanando o rabo”, protestou o presidente.

Pelo que se vai percebendo, está difícil a costura do PSDB para constituir a candidatura de Alckmin numa postulação unificadora do centro, no rumo das eleições presidenciais. Há outros interesses divergentes, e fortes, nessa mesma direção.

(SB)

eleições 2018 · Política

Nova pesquisa CNT-MDA inspeciona o quadro eleitoral

Sérgio Botêlho

Nesta segunda-feira, 14, a Confederação Nacional dos Transportes, pela MDA Pesquisa, divulga pesquisa de opinião pública sobre a disputa presidencial, no país, levando em conta a lista de pré-candidatos.

Será a primeira pesquisa CNT-MDA após a desistência do ex-ministro Joaquim Barbosa e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Este último aparece em um dos questionários da nova pesquisa, que teve a apuração encerrada neste domingo, 13.

As pesquisas CNT-MDA também costumam apresentar números sobre o desempenho do governo e das expectativas da população sobre saúde, emprego, educação, segurança pública e renda mensal.

Também nesta semana, mais precisamente, na próxima quarta-feira, 16, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, divulga nova decisão sobre a taxa de juros Selic. Pela avaliação do mercado, haverá um novo corte de 0,25%.

Na Câmara dos Deputados, destaque para a continuidade da votação do projeto que institui a obrigatoriedade do Castro Positivo, que já existe, mas, é optativo. O projeto carrega um certo peso de impopularidade.

O cadastro positivo inclui todo o histórico de pagamentos (em dia ou não), do cidadão, que será analisada na proposta de crédito. Os crediaristas e bancos em geral prometem melhores condições de crédito, de acordo com o histórico do consumidor.

Os parlamentares já aprovaram, semana passada, o texto-base da proposta, sendo que, a partir desta terça-feira, 15, eles estarão votando os destaques apresentados na votação anterior.

No Senado Federal, a pauta está trancada por Medida Provisória que perde a validade até o próximo domingo, 20. De acordo com a MP, investimentos em pesquisas feitos por empresas de tecnologia da informação e de comunicação serão retribuídos com incentivo fiscal.

Em suma, são esses os principais temas da política e da economia nacionais para esta semana. Alguns, como é o caso da pesquisa CNT-MDA, com possibilidade de influir no andamento das conversas entre partidos e candidatos no rumo das eleições de outubro próximo.

eleições 2018 · Política

Ex-secretário de Cabral é absolvido por Bretas; candidatos serão cobrados pelo agronegócio sobre segurança no campo; delação relaciona entrega de dinheiro a amigo de Temer

Crédito da foto: Alan Santos/Presidência da RepúblicaPORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e destaques da hora de O Globo online: Bretas absolve ex-secretário de Cabral em processo de obstrução de Justiça. Juiz diz que acusação não obteve provas suficientes contra Côrtes, que ainda é réu em outros duas ações, junto com o ex-governador/

Laudos da prefeitura de SP atestavam que prédio não tinha risco de desabar. Documentos foram emitidos entre 2016 e 2017; governo federal alegou ‘crise financeira’ para não fazer a desocupação do prédio. Bombeiros continuam buscas por cinco desaparecidos

Bandeira contra o comunismo é colocada no Morro do Corcovado. Assessoria do santuário do Cristo diz que objeto deverá ser retirado ainda neste sábado/

STF mandará a outras instâncias 29 ações ligadas à Odebrecht. Toffoli já enviou sete inquéritos para cortes inferiores após mudança no foro

Fernando Gabeira: Marolas e tsunami. Delação da Odebrecht castiga não só o PT, mas outros partidos, como PSDB e PMDB, e devasta a política na América do Sul

Merval Pereira: Defesa de Lula faz nova tentativa. Começou mais uma ação no STF para livrar ex-presidente da cadeia, mas é improvável que a Segunda Turma reveja decisão do plenário/

Ancelmo Gois: Justiça autoriza esteira elétrica na cela de Lula/

Presidente da Assembleia de MG demite aliados de Pimentel. Adalclever Lopes, do PMDB, exonerou todos os nomeados em cargos de confiança pela liderança do governo e pedido de impeachment pode voltar a caminhar/

Temer apela a militantes do PMDB por defesa de seu legado

Paulo Skaf é lançado pré-candidato ao governo paulista pelo partido. De olho em aliança, Alckmin marca encontro com o presidente Temer/

Tucano faz gesto de aproximação ao presidente da República 11

Duas pessoas ficam feridas em troca de tiros em Copacabana. Criminosos foram abordados no Flamengo e não obedeceram à ordem de parar o veículo, o que fez os policiais iniciarem uma perseguição/

Rocinha tem manhã de intenso tiroteio após ataque de bandidos. Disparos aconteceram após confronto com Batalhão de Choque

Protesto no Chile reivindica descriminalização da maconha. Congresso debate fim da proibição da cannabis para uso medicinal

Milhares fogem no Havaí após terremoto e novas erupções. Governador decreta estado de emergência e autoridades alertam para riscos; tremores causaram alterações no nível do mar

Cambridge Analytica é obrigada a entregar dados de eleitores dos EUA coletados na internet. Empresa guarda informações sobre mais de 240 milhões de pessoas

Mansão em Mangaratiba de Cabral poderá ser alugada. Leilão do imóvel foi suspenso pelo TRF-2.

 

Manchete e destaques da hora do Estadão online: Aumento da violência. Agronegócio cobra candidatos por maior segurança no campo. Tema entra pela primeira vez na agenda eleitoral do setor, que quer propostas/

Shoppings devem precisar de 4 anos para ocupar 12 mil lojas que estão vazias/

Agronegócio. Ruralistas devem se dividir entre os candidatos à Presidência da República/

Pré-candidato do PDT, Ciro Gomes tenta se aproximar de elite financeira. Político tenta mudar imagem de ‘explosivo’ e quer ser bem visto por liberais/

Após desabamento. Prefeitura ranqueia grau de risco para vistoriar prédios ocupados em SP/

Coluna do Estadão. Correios vão fechar 513 agências próprias e demitir 5,3 mil funcionários/

Adolescente é estuprada e queimada viva na Índia/

Corpo de montanhista francês é encontrado na Serra da Mantiqueira/

Investigação. PMs morrem após serem encontrados desacordados dentro de viatura no Rio/

Casa própria. Feirão da Caixa começa neste fim de semana/

Polícia arromba casas de doleiros foragidos no Paraguai/

Lavagem de dinheiro. Alexandre Accioly tinha conta em banco de doleiro.

 

Manchete e destaques da hora da Folha online: PM diz ter feito entrega em dinheiro a amigo de Temer. Em depoimento, Abel de Queiroz afirma ter ido ao menos duas vezes ao escritório do advogado José Yunes/

O que pensam os eleitores de Geraldo Alckmin. 11 moradores de São Paulo explicam voto no tucano em outubro/

Bolsonaro busca outras siglas para ter palanque nos estados/

Incêndio em SP teve grito, correria e portão trancado; veja relatos. Bombeiros localizaram um corpo e buscam cinco desaparecidos nos escombros do edifício, no centro da cidade/

Equipe concentra busca na parte de trás de prédio/

Moradores se submetem a cobrança coercitiva em SP/

DEMÉTRIO MAGNOLI: Incêndio é de Haddad e Doria. Entenda o que já se sabe e as dúvidas sobre o caso/

Protestos contra Putin terminam com 1.600 presos na Rússia. Entre detidos está o líder oposicionista Alexei Navalni, que não tinha autorização para fazer o comício/

Brasileiro pede para ficar sob proteção policial na Ucrânia/

Alckmin e Temer ensaiam aproximação e irritam DEM/

PSDB já deu o que tinha que dar em SP, afirma Skaf/

‘Supremo falha como todas as instituições’, diz Barroso/

Entidades de juízes e do Ministério Público reagem às críticas de Gilmar.

 

Manchete e destaques da hora do Valor Econômico online: Geraldo Alckmin e Michel Temer ensaiam aproximação e irritam aliados do DEM/

Ciro: Chance de ter PT na vice é quase zero/

Não sou candidato a nada, diz Haddad após palestra sobre Marx/

Em Londres, Dilma diz que o PT não vai tirar Lula das eleições de 2018/

Trabalhamos para evitar crise, afirma ministro da Fazenda argentino. ‘Tentação é segurar câmbio além do possível’/

Argentina eleva juros a 40% para proteger peso/

Crise argentina deve afetar vendas do Brasil/

Medidas devem reduzir volatilidade, diz Moody’s/

Berkshire não precisa de cortes de gastos da 3G, afirma Buffett. Conglomerado de Buefftt perde US$ 1,1 bi no 1º tri/

EUA exigem que a China reduza déficit comercial em US$ 200 bi.

Política

Revistas de final de semana: Veja sai em busca da vida de Lula na prisão. Época perscruta como pensam os jovens sobre a disputa presidencial

Enquanto a Veja perscruta a vida de Lula na prisão, Época faz enquete com jovens para saber de suas opções de candidaturas presidenciais.

Sobre as eleições 2018, Dora Kramer diz na Veja que os políticos não conseguem estabelecer diálogo com o eleitor. Em Veja, ainda, nova denúncia contra o ex-presidente Lula; revista também revela detalhes de investigações contra Temer.

Em Época, homenagem ao herói que salvara vidas no prédio que caiu em São Paulo, e que terminou morrendo. Na revista, ainda, matéria que analisa o definhamento institucional do Ministério da Justiça.

Sinopse das revistas Veja e Época:

Veja. “A vida de Lula na prisão. Veja teve acesso à ala restrita onde está o ex-presidente e revela os bastidores dos seus primeiros trinta dias de cárcere. ”. Essa é a matéria de capa da revista.

Destaques internos:

“A vida no cárcere. VEJA teve acesso à ala restrita do prédio onde Lula se encontra preso e revela os detalhes dos primeiros trinta dias de cadeia do ex-presidente”;

Dora Kramer. Perdidos e sem espaço. Políticos não acharam o caminho do diálogo com o eleitor”;

“Um negócio da China. Ops, na verdade é de Angola. A nova denúncia da Procuradoria-Geral da República reforça o papel de Lula no comando do propinoduto petista”;

Tique, taque. O ex-governador {Eduardo Azeredo} tenta último recurso, mas já admite sua aflição diante da perspectiva de prisão”;

“Presidente non grato. Investigação da PF afeta planos de alianças eleitorais e avança sobre familiares de Temer, vaiado ao tentar “solidarizar-se” com vítimas de tragédia em SP”;

Ainda não acabou. STF restringe o foro privilegiado para deputados federais e senadores, mas, para não perder o hábito das discussões intermináveis, nem tudo está resolvido”;

“Silêncio cúmplice. Outro atentado mostra que a violência partidária está ganhando terreno, enquanto políticos e autoridades obedecem a um mutismo condenável”;

Não ouvem, nem gritando. Jaques Wagner é espinafrado por petistas por sugerir duas verdades: que, como candidato, Lula está morto, e que, sem fechar alianças, seu partido naufraga”;

“Ritmo mais lento. O crescimento fica aquém das estimativas, e as consultorias começam a revisar para baixo as perspectivas para 2018”;

Escravos no século XXI. Mais de 160 000 brasileiros trabalhem em condições deploráveis — e o Brasil, que já foi exemplo mundial de combate a essa chaga, está ficando cada vez pior”.

 

Época. ”Meu primeiro voto. Treze jovens e seus treze candidatos à Presidência”. ”. Essa é a matéria de capa da revista.

Outras chamadas de capa:

“Um corpo que cai. ”.

“Pitonisas eleitorais”.

“As lições de maio de 1968”.

Destaques internos:

“Editorial: O novo sempre vem. A renovação da política depende da juventude. O voto jovem deve ser o início da reconstrução tão necessária para o Brasil”;

Personagem da semana. Tatuagem. Fragmentos da vida e últimos momentos do homem que salvou moradores do edifício em chamas, entre eles quatro crianças, e que morreu quando era resgatado pelos bombeiros”;

“Juventude engajada. Como você vota, jovem? Eleitores estreantes explicam suas escolhas para a próxima eleição presidencial”;

Romance da crise. “A tirania do amor” é, para mim, exemplo perfeito de livro “sintomático”, expressão literária de uma direita que, no Brasil de 2018, se pretende esclarecida”;

“Fim de governo. O Ministério que sumiu. Criado no Império por Dom Pedro I, o Ministério da Justiça, esvaziado pela criação do Ministério da Segurança Pública, vive o momento de menor prestígio político de sua longa história”;

O suplício da recuperação. Parafraseando Mario Henrique Simonsen, a inflação aleija, mas o desemprego mata”;

“Sinais do além. Meninos, eu vi. Apadrinhada por médiuns, sensitivos e paranormais, a campanha do senador Alvaro Dias à Presidência virou uma dor de cabeça para o tucano Geraldo Alckmin”;

Uma receita para curar a miopia democrática. A principal causa é a dificuldade das democracias liberais para entregar o mesmo patamar de crescimento econômico do passado”.

Economia · eleições 2018 · Internacional · Justiça · Política

Governança, economia e eleições 2018 são os destaques da mídia do Mato Grosso do Sul

Sinopse MS

Edição: Sérgio Botêlho

Manchete e submanchetes do portal do Correio do Estado.

Desconto no IPTU para casa com câmera não será aplicado. Benefício promulgado pela Câmara, além “autorizativo” é inconstitucional, diz procurador/

Dia das Mães deve injetar mais de R$ 202 milhões na economia do Estado. Gasto médio com presente será de R$ 137,88/

Ação Civil. MP solicita 2º bloqueio à Justiça contra Solurb/

Vaca brava causa transtornos na pista e danifica viaturas policiais/

Hospital Regional de Dourados. Azambuja diz que ordem de serviço para obra de hospital sai em 15 dias/

Bataguassu’ Amiga virtual’ exige dinheiro para não vazar fotos íntimas/

Nova etapa. Prefeitura arrecadou R$ 4,7 milhões com pagamentos da taxa do lixo. Valor é referente a pagamentos da nova cobrança feitos até sexta/

Eleições 2018. PT reafirma candidatura de Lula para presidente da República/

Motorista campo-grandense morre atropelado por carro em rodovia de SP. Condutor do carro estava embriagado e foi preso, em Borborema/

Pesquisa eleitoral. Azambuja diz que é cedo para pensar em segundo turno das eleições. Governador aparece em 2º lugar em pesquisa divulgada pelo Correio do Estado.

 

Manchete e submanchetes do jornal Correio do Estado

Capa

UFMS corta R$ 70 milhões e fecha cursos. Ensino superior. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul reduziu 60% dos investimentos e 40% da verba de custeio/

Nelsinho e Zeca lideram pesquisa para o Senado. Entre os pré-candidatos para o Senado, Nelsinho Trad (PTB) aparece na liderança de pesquisa do Ipems, com 41,59% das intenções de voto. José Orcírio, o Zeca do PT, tem 31,76% da preferência e Waldemir Moka (MDB), 23,58%/

Lavagem de dinheiro põe bancos na mira do MP. O Ministério Público Federal quer saber se traficantes e contrabandistas usam agências da região de Naviraí para lavar dinheiro. Há suspeita de omissão de dados financeiros/

Otimismo para o Dia das Mães. O Dia das Mães deve movimentar R$ 202 milhões no comércio de Mato Grosso do Sul, conforme pesquisa de intenção de compras da Fecomércio. Em Campo Grande, a estimativa é de que a data, segunda mais importante para o setor, movimente R$ 28,7 milhões/

Imposto de Renda. Receita Federal aguarda mais de 180 mil declarações/

Prefeitura arrecada R$ 4,7 milhões com nova taxa/

Justiça nega pedido de Dilma para visitar Lula/

Refis das microempresas. Em MS, 10 mil empresas devem ao fisco/

Bariátricas. Ação contra cobrança por cirurgias do SUS não avança. Processo em que o médico Jaime Yoshinori Oshiro é acusado de cobrar de pacientes para realizar cirurgias que deveriam ser de graça, bancadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), está parado na Justiça. Há sete meses que decisão do juiz é aguardada.

 

Página 3 – Política

Nelsinho e Zeca seriam hoje os dois senadores eleitos no Estado. Pesquisa do Ipems mostra a dificuldade da reeleição de Moka e Chaves, e Harfouche surpreende/

Coffee Break. Recurso de ex-vereador será analisado pelos desembargadores nesta terça. EX-VEREADOR. airton Saraiva é acusado de improbidade administrativa/

Governo do estado. Pré-candidatos apostam em tempo de campanha. Juiz federal. Odilon de oliveira está em primeiro lugar na pesquisa feita pelo Ipems.

 

Manchete e submanchetes do portal MidiaMax

Agravo quer elevar para R$ 100 milhões bloqueio de bens em ação contra Solurb. Investigação aponta indícios de superfaturamento e propina/

Recurso de Lula será julgado em sessão virtual da Segunda Turma do STF/

Dólar passa de R$ 3,45 e fecha no maior valor em 16 meses. Em mais um dia de tensões no mercado financeiro, a moeda norte-americana fechou no maior valor desde o fim de 2016/

Justiça nega visita de Dilma Rousseff e outros políticos a Lula/

Lama Asfáltica: investigado assume gerência em Secretaria. A Prefeitura de Campo Grande nomeou na última sexta-feira (20) um servidor investigado na Operação Lama Asfáltica para um cargo de gerência na Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos)/

 

Manchete e submanchetes do portal Campo Grande News

No fim de semana. De 7 presos por dirigirem embriagados após mudança em lei, 3 ficam na cadeia/

Promotor de Justiça substituto. Um em cada 5 inscritos faltou a provas de concurso com salário de R$ 23,5 mil/

Pagamentos do dia 20. Prefeitura arrecadou mais R$ 4,7 milhões com “nova” taxa de lixo/

Cidades. MP da reforma trabalhista “caduca” e clima é de insegurança jurídica/

Detran notifica 2,2 mil donos sobre veículos que podem ir a leilão. Notificação dá prazo de 30 dias para proprietários de carros e motocicletas regularizarem débitos/

Comércio espera R$ 202 milhões em vendas para o Dia das Mães. Fecomércio prevê que mais da metade do valor, que já representa o dobro da previsão de 2017, vão para presentes; 71% dos consumidores querem pagar à vista.

 

eleições 2018

Eleições 2018: Imprensa busca luzes em meio à escuridão provocada pela Lava Jato e outras investigações

Palácio do Planalto: forte objetivo de desejo político nas eleições de outubro

Neste momento, noticiaristas e analistas buscam luzes em meio à escuridão provocada pela Lava Jato no mundo político, para ver se divisam possibilidades eleitorais com relação ao pleito deste ano de 2018.

A prisão do ex-presidente Lula, as investigações que recaem sobre Aécio Neves e o PSDB, os vacilos de alguns candidatos, a exemplo do ex-ministro Joaquim Barbosa, os processos que atingem dezenas de parlamentares, as acusações que pesam sobre o Palácio do Planalto, são alguns dos temas dos quais se ocupa a mídia.

SEGUE A SINOPSE DOS PORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e destaques da hora de O Globo online: Tutorial ensina como preencher cada etapa da declaração. Leitor também pode enviar perguntas à redação por e-mail e ver perguntas e respostas em blog sobre o tema/

Cariocas têm dois feriados até dia 30, prazo final para entrega/

Míriam Leitão: Acusados de corrupção dão respostas que contrariam fatos. Explicações inverossímeis são traço comum entre políticos envolvidos em investigações/

Delator reafirma que Temer, Padilha e Geddel tentaram comprar silêncio de Funaro/

Promotoria abre inquérito contra Alckmin por improbidade/

Merval: Tempos estranhos. Segunda Turma do STF ignorou a Ficha Limpa no caso Demóstenes Torres e é vista como mais condescendente com réus da Lava-Jato/

Gilmar Mendes nega pedido de liminar para soltar Paulo Preto/

Fernando Gabeira: O bloco da saudade. Questão da impunidade não foi resolvida porque há resistência no STF/

Sete revelações sobre Aécio divulgadas após tucano virar réu. Senador é atingido por denúncias de empresários e ex-ministro/

Joesley Batista liga Aécio a repasse de R$ 110 milhões. Aécio usava Land Rover em nome de rádio citada por Joesley/

Lydia Medeiros: É grave a crise no PSDB de Aécio/

Rumo às urnas. Governador de SP, França avisa a Doria que ‘guerra’ começou/

Batalha pública é mais um problema na pré-campanha de Alckmin/

Temer e Doria discutem eleições em encontro em São Paulo

Presidente ainda não definiu se irá se candidatar à reeleição/

Michel Temer omite empregos informais em pronunciamento/

Lauro Jardim: Sérgio Cabral e ex-secretário têm regime mais duro em Bangu. Ex-governador e Hudson Braga só saem das celas, que têm pouca ventilação, por duas horas diárias/

Bandidos fogem de blitz e são presos em frente a shopping/

Um deles foi preso dentro do Fashion Mall, em São Conrado, diz PM/

Após assalto a vereador, homem morre em tiroteio na Zona Sul/

Parlamentar, que estava com duas crianças no carro, foi surpreendido em Laranjeiras/

Casos de roubos de veículos e pedestres dobram na região de Botafogo e Laranjeiras/

Palhaço sai da prisão mais de 24 horas após ordem de soltura. Artista Pablo Martins é um dos 159 presos acusados de envolvimento com milícia numa festa, há duas semanas/

Ancelmo Gois: Familiares de outros dos 159 presos dizem que Pablo só conseguiu sair por ‘ser artista’/

Caso Marielle: Polícia fará reconstituição dos assassinatos/

Anúncio foi feito pelo secretário de Segurança, general Richard Nunes.

 

Manchete e destaques da hora do Estadão online: Eleições 2018. Desgastados, nove em cada 10 deputados tentarão se reeleger. Parlamentares buscam manter foro privilegiado e os partidos suas bancadas/

Chegada de venezuelanos traz problema de grandes cidades a Boa Vista/

Possível presidenciável. Votos com juiz do STF indicam pensamento de Joaquim Barbosa/

Eliane Cantanhêde: Joaquim tem de conquistar eleitores antes de anular condições negativas/

Vera Magalhães: Eleitor solteiro continua à procura um candidato para chamar de seu/

Coluna do Estadão: Ministério Público Federal prepara pente-fino em candidatos ao Planalto/

Eletrobrás: Distribuidoras pagam o triplo do salário da iniciativa privada/

Com apoio da Polícia Federal, Paraguai apreende 865 toneladas de maconha.

 

Manchete e destaques da hora da Folha online: Presidenciáveis enfrentam mais de 160 investigações. Espalhados em tribunais pelo país, problemas judiciais vão de Lava Jato a barbeiragem no trânsito, mostra balanço da Folha/

Cassados ou presos, políticos continuam com passaporte/

Pivô de debate sobre foro, prefeito de Cabo Frio teme perder o cargo/

Aposta no PT: Eleitores de Lula não querem plano B, só ‘plano L’, e apontam falhas na esquerda. A Folha convidou dez moradores de São Paulo, de evangélica a ateu, dos 21 aos 62 anos, para falarem sobre sua posição/

Painel: PSDB afasta eleitor de Alckmin, avaliam rivais

Elio Gaspari: Barbosa pode ser o novo, desde que não seja relíquia para ser levada em procissão/

Cuba-Brasil. Pragmatismo passa a reger relação entre os dois países/

Dois dias após posse, Díaz-Canel recebe Maduro em Cuba/

Mercado. É uma falácia dizer que bancos brasileiros são muito eficientes/

Presidente da Roland Berger critica papel das instituições na preservação das taxas de juros.