Justiça

Mato Grosso do Sul: processos de segunda instância do estado podem ser vinculados ao TRF-4

Sinopse MS

Edição: Sérgio Botêlho

Manchete e submanchetes do portal do Correio do Estado.

JUSTIÇA FEDERAL. Criação de Tribunal Regional Federal que terá jurisdição sobre MS será decidida pelo STF. Processos da 2ª instância da Justiça Federal de MS podem ser vinculados ao TRF de Curitiba/

LOMBADAS E RADARES. Prefeitura convoca reunião com empresa que irá operar radares/

AÇÃO POPULAR. Juiz nega pedido de vereador para acabar com a taxa de lixo

COMBUSTÍVEIS. Petrobras aceita discutir revisão do reajuste diário da gasolina

EM 60 DIAS. INSS deve interromper descontos sem autorização em benefícios de aposentados. MPF fez recomendação após representação de beneficiários de Três Lagoas/

PREJUÍZO. Revendedoras de gás do interior estão sem vender nada há uma semana. Os esforços estão sendo concentrados em pontos de vendas da Capital/

LOMBADAS E RADARES. Prefeitura convoca reunião com Consórcio Cidade Morena. Encontro para dar continuidade ao certame será dia 08 de junho.

Manchete e submanchetes do jornal Correio do Estado

Capa

MS tem 578 mil inadimplentes. Dívidas. A pouca educação financeira da população é uma das causas para os altos índices de inadimplência. Em Mato Grosso do Sul, são 785,5 mil pessoas que não pagam suas contas em dia, aponta a Serasa Consumidor. 297 mil. Só na capital Em Campo Grande, o número de devedores também é expressivo: 297,4 mil. Para renegociar parte desses débitos, um caminhão da Serasa estará na cidade hoje/

Preço do diesel caiu 7 centavos. Medida provisória do governo federal que deveria baixar o preço do diesel em R$ 0,46 entrou em vigor há cinco dias e, em Campo Grande, o valor do combustível só baixou, em média, 7 centavos. Hoje, deputados de MS apreciarão projeto que deve reduzir a alíquota do ICMS sobre o produto/

Ainda falta gás. A greve dos caminhoneiros terminou há cinco dias, mas ainda há produtos em falta – caso do gás de cozinha – e serviços incompletos, como o transporte coletivo de Campo Grande/

BR-163. Ônibus tomba na pista, passageira morre/

Maconha. Polícias retomam grandes apreensões/

Mulheres assassinadas. Neste ano, Estado teve 15 feminicídios/

Ex-prefeito. Juiz condena Olarte por improbidade. Ele teria espionado informações do Tribunal de Justiça. Cabe recurso da decisão/

Porto de Santos. PF acha novos documentos na casa de amigo de Temer/

Interdição parcial. Os trabalhos de revitalização da Rua 14 de Julho começaram ontem. Para esta primeira etapa – troca de parte da rede de esgoto da via –, será necessária interdição parcial já a partir da semana que vem.

 

Página 3 – Política

Olarte é condenado por espionar Tribunal de Justiça e ministério. Com a condenação, Gilmar está inelegível por quatro anos e deve pagar multa de R$ 100 mil. Investigação da Gaeco. Uma das mensagens recuperadas se refere a quando a mulher do ex-prefeito, Andréia Olarte, alerta ao marido do que poderia acontecer. Olarte encaminhou a mensagem para o oficial de Justiça. Os fatos mostram que ambos eram próximos, de acordo com o processo/

Saúde. Cabral pede para não andar na caçamba da PF/

Operação Skala. PF investiga se fazenda usada por empresário na verdade é de Temer/

Pré-candidato. Doria vira réu por uso de “Acelera, SP” e é multado em R$ 200 mil.

 

Página B3 – Diálogo (Cristina Medeiros)

Felpuda. Dizem as más-línguas que a calmaria pós-greve dos caminhoneiros é enganosa. Para corroborar com este cenário, o ex-presidente FHC soltou, no domingo: “Que ninguém se engane: é uma normalidade aparente. As causas da insatisfação continuam, tanto as econômicas como as políticas, que levam, na melhor das hipóteses, à abstenção eleitoral e ao repúdio de ‘tudo que aí está’. Portanto, o governo e as elites políticas, de esquerda, do centro ou da direita, que se cuidem, a crise é profunda.”/

Cutucada. O engenheiro Henrique Meirelles, ex-ministro da Economia, lançou-se ao desafio de chegar ao Planalto. E sua candidatura já é motivo para ironia. Durante entrevista ao “Canal Livre” (Band) no domingo (3), o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), reagiu assim à tentativa. “Vejo gente preocupada em perder voto por estar do lado do governo. Mas que voto? Quantos votos tem o Meirelles?”, questionou Marun. Na pesquisa CNT/MDA de maio, o ex-ministro tinha entre 0,3% e 1,4% das intenções de voto, dependendo do cenário. Em recente entrevista, Meirelles fez questão de afirmar que está tirando o rótulo. “Por exemplo, não sou o candidato do mercado, não sou o candidato do governo, não sou o candidato de Brasília”.

 

Manchete e submanchetes do portal MidiaMax

Anúncio de botijão a R$ 200 causa polêmica em grupo de classificados/

Prepare-se: Mato Grosso do Sul terá frio rigoroso e geada na próxima semana. O clima será frio e úmido e pode durar mais de seis dias/

Falta de parceiro de palanque em MS não afeta Bolsonaro, avalia Mandetta. Parlamentar disse que a influência do presidenciável nas redes sociais deve amenizar impacto de ‘candidatura solitária’ do ex-militar.

 

Manchete e submanchetes do portal Campo Grande News

Procon na rua. Postos que não baixarem diesel podem ser multados em até R$ 50 mil/

Caminhoneiros. Marun lamenta efeito de “fake news” no pós-greve e recusa a pedidos de prisão/

Ação popular. Juiz rejeita pedido de vereador e mantém taxa de lixo em Campo Grande/

Busca por gás acaba com estoque em poucas horas e força agendamento. Clientes precisam enfrentar fila para garantir o produto. Comerciantes estão recebendo unidades limitadas.

 

Manchete e submanchetes do portal Dourados News

Gás ainda é fracionado e douradenses ficam “reféns” de senhas.

 

Manchete e submanchetes do portal Dourados Agora

Em cenário de queda de produtividade, Rally finaliza avaliação de safrinha. Última equipe vai a campo verificar lavouras no Mato Grosso do Sul e Paraná; em Dourados (MS), evento regional reunirá produtores e profissionais do setor/

MP detecta exagero nas prescrições de remédios fora da lista do SUS. Médicos do SUS em Dourados terão que justificar motivo pelo qual paciente deve usar medicamento de laboratório específico ao invés do mesmo princípio ativo disponível na rede pública/

Polícia Militar Ambiental prende um, autua cinco e aplica R$ 29,5 mil em multas durante a operação Corpus Christi. As 25 subunidades da PMA intensificaram a fiscalização em suas respectivas áreas, colocando, inclusive, o efetivo administrativo a campo. Foi uma operação tranquila, com menos da metade dos autuados na operação do ano passado.

Projeto criminaliza aumento de preços em decorrência de crises. Começou a tramitar no Senado proposta que prevê como crime a elevação, sem justa causa, de preços de bens ou serviços, em situações de grave crise econômica, calamidade, interrupção e suspensão de serviços de interesse público ou social. O Projeto de Lei do Senado 269/2018, do senador Airton Sandoval (MDB-SP)/

Redução da jornada de trabalhador com filho deficiente é aprovada na CDH.  O trabalhador do setor público e da iniciativa privada que tenha filho deficiente poderá ter sua jornada de trabalho reduzida. De autoria do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), o projeto altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para que o trabalhador que possua filho com deficiência tenha sua jornada de trabalho reduzida em 10% sem prejuízo de sua remuneração.

 

Manchete e submanchetes do portal Capital News

Sem queda de preço, Procon mantém fiscalização sobre valor do diesel nas bombas. Postos visitados têm de apresentar notas com o valor de compras do combustível na refinaria e podem ser multados em até R$ 50 mil se não oferecer desconto/

Veterinário Francisco alerta para caso confirmado da “ferida brava” na Capital. Leishmaniose Tegumentar Americana tem ainda um segundo registro em análise na Capital/

Conta de luz será mais cara em junho. Consumidor pagará R$ 5 a cada 100 kWh de energia elétrica consumidos/

Obras em rodovias estaduais foram retomadas. Serviços foram suspensos parcialmente devido paralisação dos caminhoneiros/

Temperaturas devem subir em Campo Grande. Previsão é de chuva em pontos isolados da Capital/

Brasil presta contas projeto de engenharia para construção da ponte sobre o rio Paraguai. Mato Grosso do Sul participa da sexta reunião do Grupo de Trabalho do Corredor Bioceânico Brasil-Chile, na Argentina. A sexta reunião do Grupo de Trabalho do Corredor Bioceânico Brasil-Chile segue até esta terça-feira (5) e servirá para prestação de contas de cada país quanto às metas a serem cumpridas, no caso do Brasil, a conclusão do projeto de engenharia para construção da ponte de concreto no rio Paraguai, entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai). O encontro acontece em Salta, região de potencial econômico e turístico da Argentina, com a presença do secretário de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Helianey Paulo Silva.

 

Manchete e submanchetes do portal Diário Corumbaense

Projeto que prepara jovens para o futuro é mantido com ajuda de voluntários e parceiros/

Reinaldo entrega projeto que reduz ICMS do diesel nesta 3ª-feira/

Prefeito lamenta falecimento do empresário corumbaense João Luiz Migueis.

 

Manchete e submanchetes do portal FatimaNews

Onevan e prefeito apresentam reivindicações de Novo Horizonte do Sul ao governador

 

Manchete e submanchetes do portal TopMídia

Marun deve ajudar Campo Grande a destravar R$ 13 milhões em projetos, diz Marquinhos. Recurso prevê a retomada do Centro de Belas Artes e a construção dos centros poliesportivos no Parque do Sol e Noroeste/

Novela: prefeitura deve recorrer à Justiça para reaver terrenos doados a igreja e sindicato. Para prefeito, doação viola direitos e traz prejuízo para o município/

Marquinhos promete reajuste linear para todas categorias de servidores da Capital. Prefeito destaca que já fechou acordo com algumas categorias, como os professores, auditores fiscais e médicos/

Caminhoneiros desmentem nova paralisação e criticam preço do diesel. Trabalhadores afirmam que houve boatos de nova paralisação, mas oficialmente nada foi definido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s