Violência

Oiapoqui, no Amapá, pode ser local de sepultamento de corpos de guerrilheiros mortos no Araguaia

Os corpos de guerrilheiros assassinados depois de rendidos, no Araguaia, na década de 70, podem estar sepultados no Oiapoqui, no Estado do Amapá, segundo estudos da Comissão Estadual da Verdade amapaense.

De acordo com os estudos, o possível paradeiro das vítimas seria Clevelândia do Norte, uma vila do Oiapoqui, que fica a 600 quilômetros de Macapá. Agora, o Ministério Público Federal do Amapá que localizar os corpos.

Há uma sentença em aberto pronunciada pela Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), ainda não cumprida devidamente que impõe ao Brasil a obrigação de localizar desparecidos durante a ditadura.

Segundo a sentença, o Brasil “deve realizar todos os esforços para determinar o paradeiro das vítimas desaparecidas e, se for o caso, identificar e entregar os restos mortais a seus familiares”.

Também, na decisão da Corte Interamericana, exige-se que o Brasil oficialize “um pedido de desculpas às vítimas de violações aos direitos humanos praticadas pelo governo do extinto Território Federal do Amapá durante a ditadura militar”

Mais informações ACESSE AQUI.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s